O ‘Brazil’ nos games pt2

Caos cyberpunk em Santos!

 

Poder para o povo de Santos

"Poder para o povo de Santos" num outdoor um tanto quanto...Latino demais

Saudações arcaicas!!! Continuando com nossa série sobre as referências brazucas nos games; Trago-lhes hoje algo mais recente, mas nem por isso menos…bizarro!

O game em questão é Shadowrun (2007, Fasa Interactive, PC e xbox360) que ao contrário das nossas primeiras impressões não tem ligação nenhuma com os Shadowrun lançados para MegaDrive e SNES, mas trata-se do mesmo universo baseado nos livros de rpg de mesmo nome. Como de costume, não vou detalhar muito sobre o game, mas basicamente é um híbrido de FPS com TPS que não teve tanto sucesso devido ao seu foco multiplayer, engolido por grandes nomes da época como Halo3 e Gears of War (de 2006).

A parte que nos interessa é o cenário do game: A história se passa na cidade litoranea de Santos! Onde um artefato ancestral surgiu, logo ali no morro São Bento e trouxe ao mundo moderno a mágica e as criaturas da fantasia devolta. Isso mesmo! Elfos, Orcs, Ciborgues e Humanos convivendo e pegando um bronzeado em Santos.

Shadowrun
Um elfo infiltrando a RNA, corporação vilã do jogo. Detalhe para os textos em português encontrados no cenário.

O que pode-se perceber é que a Fasa Interactive não teve muita preocupação em representar a cidade com fidelidade. Podemos identificar alguns pontos importantes como o morro São Bento e o porto de Santos, mas o restante é um cenário periférico um tanto genérico. Há muita discussão na Internet dizendo que inicialmente era para o game ser ambientado no Rio de Janeiro, mas a produtora resolveu mudar de última hora para a cidade de Santos, o que justifica a falta de polimento na ambientação. Ainda assim fica registrado mais um game que fugiu do clichê Rio-Amazonas de sempre e arriscou pegar umas ondas na cidade do Pelé!

 

shadowrun
“Peca Yourselves! Por que?” Uma pixação multi-idioma e ‘multi-sem-sentido’

Outro ponto bacana presente no game são algumas músicas nacionais reforçando a caracterização brasileira, que poderia ser melhor em outros pontos, como por exemplo nos erros grotescos de grafia que fazem com que pensemos que os produtores simplesmente escreveram algumas frases num tradutor qualquer e lançaram no game sem qualquer revisão. (Se tivessem consultado o gagá isso não teria acontecido =D )

De qualquer modo é divertido vagar pelo game em busca das referências e acompanhar a história, apesar de  bastante curta.

Fiquem com o trailer do game e aguardem até a próxima parte de nossa viagem pelo Brasil gamístico!

Próximo post: Rachas ilegais e motos envenenadas na cidade maravilhosa!

Anúncios

3 Responses to O ‘Brazil’ nos games pt2

  1. Cyber Woo disse:

    Hahahaha! sacanagem o lance do “Peca Yourselves! Por que?” hahhahah!

    Muito interessante e informativos esses post cara, parabens!
    Sempre temos a idéia de que brasil é apenas Amazonas e rio, e tu ai mostrando que eles enxergam outros locais tambem! hahahah!!

    Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: